Entry: a mulher que anda comigo Tuesday, June 10, 2014




a mulher que anda comigo
Líria Porto, pariu filhos,
deitou com machos e fêmeas
mas eu mal a conheço.
não respira o mesmo compasso
da sombra na qual a vejo;
também usa meu nome e corpo
e dela não guardo certezas
sei que é louca, ousada, fria.
não ama meus amores
pois a razão a contagia;
usa qualquer endereço
mas dá o meu como guia.
nem é mulher da minha vida
só pela voz a reconheço
ama como eu meus amigos
só isto .nasceu e morrerá comigo
a tenho por companheira.

   0 comments

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments